You are using an outdated browser. For a faster, safer browsing experience, upgrade for free today.

Notícia

Julho Amarelo alerta para o combate das hepatites virais

A Campanha “Julho Amarelo” ganha força a cada ano com o objetivo de conscientizar a população sobre a importância da prevenção contra as hepatites virais, que geralmente não apresentam sintomas, tornando essencial o diagnóstico para evitar a evolução da doença. O diagnóstico pode ser feito por meio de testes rápidos e exames laboratoriais.

Hepatite é a inflamação do fígado e pode ser causada por vírus do tipo A, B, C, D e E, ou pelo uso de alguns medicamentos, álcool e outras drogas. Assim como por doenças autoimunes, metabólicas e genéticas, podendo levar à hepatite crônica, cirrose, câncer e causar a morte do paciente.

Os tipos B, C e D são as formas mais graves e a transmissão ocorre por meio da relação sexual sem proteção, transfusão de sangue, assim como o compartilhamento de seringas, escova de dente, lâmina de barbear, alicate de unha e outros objetos de corte ou perfuração.

Segundo o Ministério da Saúde, pelo menos três milhões de brasileiros estão infectados pela hepatite C, mas não sabem que têm o vírus. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), que cerca de 3% da população mundial é portadora de hepatite C crônica.

Quando apresentam sintomas, estes podem ser: cansaço, febre, mal-estar, tontura, enjoo, vômito, dor abdominal, pele e olhos amarelados, urina escura e fezes claras.